Amantes Da Ferrovia

Apaixonados por trem

Informação

Saudosos da rede

Lembranças de um tempo de alegrias de idas e vindas.Peço que ouçam a musica de Milton Nascimento o ultimo trem, expressa bem o que sentimos quando a rede ferroviária federal foi extinta.Muitas saudades mesmo...

Site: http://www.saudososdarede.com.br
Local: itutinga MG
Membros: 8
Última atividade: 20 Dez, 2013

Uma passada rápida pela História da rede.

R.F.F.S.A. - Fases Administrativas
Fase IV - de 1992 a 1996 - Preparação;
Fase V - de 1996 a 1999 - Dissolução;
Fase VI - de 1999 a 2007 - Liquidação;
Fase VII - de 2007 a ( ...?...) - Extinção;
Capítulo 25
Capitulo Final
O processo de desestatização e a dissolução / liquidação / extinção da RFFSA

Fórum de discussão

Nossas ferrovias

O sonho de ver de novo o trem cortando as campinas ainda é a esperança de muitos por este Brasil afora, que viu as ferrovias serem engolidas pelas rodovias. As ferrovias foram as responsáveis pelo…Continuar

Iniciado por Geraldo Fernandes de Abreu 12 Dez, 2012.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Saudosos da rede para adicionar comentários!

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 11 janeiro 2013 às 21:06




9 - Nordeste



10 - PR

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 11 janeiro 2013 às 20:43
O símbolo da RFFSA – exemplo de perfeição estética com simplicidade de imagem
Em 1966 a RFFSA realizou um concurso entre estudantes da categoria do ensino médio e de ensino superior em Desenho Industrial, Arquitetura e Engenharia para a escolha de um símbolo que representasse a marca da empresa.

Dez anos se passaram e a identidade visual da RFFSA se limitava ao seu nome e designação, associados aos novos padrões de pintura tanto em locomotivas, quanto no material rodante em geral.

O concurso atraiu o interesse dos estudantes destas carreiras e nada menos do que 300 participantes concorreram com suas pranchetas e propostas para representar o novo símbolo da empresa ferroviária nacional de maior expressão à época, oferecendo-se ao primeiro lugar um prêmio de Cr$300,00 (trezentos cruzeiros), além, claro, da adoção imediata da nova marca em todos os elementos visuais da RFFSA.

Com efeito o concurso teve o seu resultado divulgado rapidamente e a vencedora foi uma aluna do curso de arquitetura pela Universidade Mackenzie, do primeiro período apenas do curso. Seu nome: Leiko Hama.

Leiko Hama, que se apresentou com o pseudônimo de “Zu”, concorreu com uma proposta simples mas marcante e que segundo a comissão julgadora da época (formada por profissionais da RFFSA e convidados) resultou, “em uma imagem bastante feliz(...)” (sic), que transmitia clara noção de dinamismo e rápida identificação.

De origem nipônica, Leiko foi agraciada com o primeiro lugar , ladeada pelos demais participantes que conquistaram o segundo e terceiro lugares, cujo destaque também foi merecedor de registro. O segundo lugar ficou com o então aluno do curso de Desenho Industrial Joaquim Redig de Campos, da ESDI – Escola Superior de Desenho Industrial, no Rio de Janeiro, RJ, com o seu “cruzamento ferroviário” e Arthur Carlos Messina, da faculdade de Engenharia Mackenzie,com a adaptação de uma letra “R” a partir do perfil de um trilho, conquistou o terceiro lugar.

O concurso teve um apelo de aproximação de jovens estudantes com a empresa e o resultado foi realmente muito positivo.

A partir dos anos 70 a marca desenhada pela arquiteta Leiko Hama para a RFFSA seria responsável pela definitiva identidade da empresa, até os dias atuais.
 

A arquiteta Leiko Hama, então estudante do curso na Universidade Mackenzie, de São Paulo, SP, posa ao lado de sua prancha de desenho com o esboço final daquela que se tornaria uma das marcas mais conhecidas da sociedade brasileira, em relação às ferrovias. Ao lado se seus colegas Joaquim Redig (ESDI - RJ ) e Arthur Messina ( Escola de Engenharia da Mackenzie, SP), respectivamente, segundo e terceiro lugares. Uma pergunta surge: seria plausível que o símbolo da Fepasa - Ferrovia Paulista S.A., que apareceria mais de uma década depois, encontrasse inspiração no modelo desenvolvido pelo desenhista industrial e atual professor a ESDI, Joaquim Redig (abaixo)?

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 11 janeiro 2013 às 20:08

Alguma coisa sobre os antigos vagões plataforma.

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 11 janeiro 2013 às 20:07

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 11 janeiro 2013 às 19:59

Caro Rômulo seja bem vindo.

È bom saber que os entusiastas da ferrovia crescem a cada dia...

Abç.

Comentário de MARCIO RODRIGUES DE ALMEIDA em 28 dezembro 2012 às 20:48

nasçi vendo esse simbolo e hj tenho muita saudade dos velhos tempos em que viajava de trem com meu saudoso pai, Chefe de Trem na cidade de Recife. ah como eu gostaria de que os trens voltassem a fazer parte da rotina de várias pessoas e cidades que foram esqueçidas depois da paralização dos trens, nos diversos trechos do nordeste.

Comentário de Geraldo Fernandes de Abreu em 12 dezembro 2012 às 21:33

 Amaury, este video servirá pra completar o seu acervo valeu pela iniciativa.http://www.youtube.com/watch?v=urPty5d6nYg, um abraço geraldo Abreu

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 9 dezembro 2012 às 15:28

Para que é fan da EFOM tai um video de 1925 detalhe a ponte do inferno e a estação de Aureliano Mourão município de Bom Sucesso onde as duas bitolas(EFOM e RMV) se encontravam. Abçs.

Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 9 dezembro 2012 às 15:24
Comentário de Amaury Antunes de Abreu em 9 dezembro 2012 às 13:16

Bilhetes de Trem da RFFSA Trecho Ribeirão Vermelho à Barra Mansa da década de 80

 

Membros (8)

 
 
 

Publicidade

Membros

Música

Carregando...

Últimas atividades

sushanta postou um status
"AFL…"
1 hora atrás
sushanta postou um status
"AFL Sydney Swans vs St…"
1 hora atrás
sushanta postou um status
"Aus…"
1 hora atrás
sushanta postou um status
"AFL Melbourne De…"
1 hora atrás

© 2017   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço