Amantes Da Ferrovia

Apaixonados por trem

Informação

TREM RJ

PARA AQUELES QUE SÃO DO RIO DE JANEIRO, OU QUE TENHA UMA HISTÓRIA, FOTOS OU DEPOIMENTOS PARA CONTAR...

Local: DUQUE DE CAXIAS - RJ.
Membros: 25
Última atividade: 10 Maio, 2014

Fórum de discussão

E o Trem de Petropolis, anda ou não anda? 2 respostas 

Parece que Magé está mais empenhada na reativação da E.F.P.G.P do que Petrópolis, pois existe um projeto que iria ser assindo ontem,  para a  revitalização dos 14 kms entre Mauá e Inhomirim. É de…Continuar

Iniciado por Paulo. Última resposta de Marcos Orlando de Oliveira Ferre 15 Jun, 2013.

E o Trem de Petropolis, anda ou não anda?

Parece que Magé está mais empenhada na reativação da E.F.P.G.P do que Petrópolis, pois existe um projeto que iria ser assindo ontem,  para a  revitalização dos 14 kms entre Mauá e Inhomirim. É de…Continuar

Iniciado por Paulo 1 Nov, 2011.

E o Trem de Petropolis, anda ou não anda?

Parece que Magé está mais empenhada na reativação da E.F.P.G.P do que Petrópolis, pois existe um projeto que iria ser assindo ontem,  para a  revitalização dos 14 kms entre Mauá e Inhomirim. É de…Continuar

Iniciado por Paulo 1 Nov, 2011.

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de TREM RJ para adicionar comentários!

Comentário de Pedro Rodrigues em 28 fevereiro 2014 às 13:16

É lamentável o que os governantes andam fazendo com nossas ferrovias, agora mesmo estão incentivando o povo utilizar transportes urbanos no RJ, por causa das obras da copa, mas não modernizam os trens, que é o grande escape da população. Será esta a mentalidade de desenvolvimento de país emergente na ideia dos nossos grandes governantes.

Comentário de Neida Lucia Barzoti em 28 fevereiro 2014 às 6:42

          Não é só você que sente esta dor no peito não Robson, a minha dor é muito grande também.

Comentário de Robson Souza Duarte de Oliveira em 27 fevereiro 2014 às 21:02

Realmente é uma pena ver como a ferrovia no meu estado do Rio de Janeiro vem sendo morta aos poucos, agora com a saída da FCA entregando o trecho que era da EFL, e a decadência dos trens de passageiros.

Só para compararmos na década de 60 a ferrovia cortava todo o Estado do Rio, sem demasia, hoje apenas o trecho controlado pela Supervia, e antiga EFCB controlada Pela MRS que liga São Paulo ao Rio e Minas partindo do Arará. 

Agora me diz que progresso é esse? É com grande lamento que escrevo isso

Fui até breve!!!

Comentário de Eduardo Moraes de Mattos em 25 agosto 2012 às 0:32

Trem é a SOLUÇÃO para quem deseja BOA MOBILIDADE. A eficiência do transporte sobre TRILHOS é algo tão LÓGICO ou ÓBVIO que o nosso MOVIMENTO costuma comparar à CLAREZA do “2+2 é igual a 4”. Tem gente que (por mais incrível que pareça) não concorda com esta “tabuada”. Fazer o que, né!? O transporte pelo asfalto ou rodovias entrou em colapso já não é de hoje. Imponderavelmente, os corruptos que, há mais de 3 décadas, literalmente, se renderam às propostas indecentes da ditadura gananciosa do petróleo, empurraram o nosso Brasil para o CAOS, cuja “RETRATO” é o total descontrole das tais “companhias de engenharia de tráfego” das grandes cidades. O homem, por insistir em NÃO priorizar a FERROVIA, desgraçada e definitivamente,... perdeu o controle. Todavia, biblicamente, “enquanto bate o coração” (enquanto a humanidade ainda respira), no momento em que houver um DESPERTAR,... haverá esperança de mudança.

Eduardo Moraes de Mattos – Amante da Ferrovia e Coordenador do MOVIMENTO Escola Bíblica Diferente – www.escolabiblicadominical.net – A DIFERENÇA está no IR ALÉM, sem conversa fiada.

Comentário de Christiano torres de avellar em 9 fevereiro 2012 às 16:46

Estação de Mangaratiba no tempo que tirava férias no ramal -década de 60

Comentário de Christiano torres de avellar em 9 fevereiro 2012 às 16:45

Comentário de Camila Garcia em 23 novembro 2011 às 9:14

Eu peguei os últimos momentos da E.F. Maricá quando então as locomotivas a vapor subiam em direção à Região dos lagos tracionando um vagão prancha e uma gôndola que sempre voltavam carregados do material do desmanche... lembro de uma locomotiva que parecia ser do tipo européia, bem, eu era muito criança na ocasião, quando passava férias num sítio e numa fazenda em Rio do Ouro - SG - RJ. Já percorri muito do antigo leito com certo saudosismo. Um abraço a todos.

Comentário de Camila Garcia em 22 novembro 2011 às 11:18

O grande problema de se reativar as antigas ferrovias é vencer a burocracia, emperrada pela má-vontade ou desinteresse, dos órgãos responsáveis. Pessoas que parecem não gostar da ferrovia parecem estar empoleirados nos gabinetes de tais órgãos! Para se conservar toda a burocracia - para se deixar tudo se deteriorar ou ser vendido para os sucateiros fecha-se os olhos e cria-se toda a sorte de facilidades! Lamento que hoje a ferrovia aqui seja alvo de tanto desdém!

Comentário de edison pimentel em 5 abril 2011 às 10:29
olá todos, eu nasci e fui criado ateh os dez anos de idade, em estação ferroviaria, meu pai era agente e depois chefe de estação na estrada de ferro maricá, depois Central do Brasil e por ultimo Leopoldina Railway que passou a integrar a RFFSA. Foi extinta definitavamente em 1966. Deixou saudades e  muitas recordações.
Comentário de Cláudio Eduardo Camardella em 11 fevereiro 2011 às 8:15
Oi Marcelço, realmente faltava uma página sobre trens urbanos do Rio de Janeiro. Parabéns!
 

Membros (26)

 
 
 

Publicidade

Membros

Comunidades

Música

Carregando...

© 2017   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço