Amantes Da Ferrovia

Apaixonados por trem

Anderson Pinoti
  • Masculino
  • Curitiba
  • Brasil
Compartilhar no Facebook Compartilhar

Amigos de Anderson Pinoti

  • edurey
  • Carlos Henrique
  • Hélio dos Santos Pessoa Júnior
  • Claudineya A. Mendes
  • Rafael .
  • Franciele Vieira
  • Elaine Cuencas Santos
  • Stely Andrade
  • Amantes da Ferrovia

Discussões de Anderson Pinoti

Alguem aí já trabalhou com engenharia ferroviária?
1 resposta 

E aí? Alguem já trabalhou na obra de ferrovias ou até mesmo produzindo locomotivas?

Tags: ferrovia, locomotivas, trabalho

Iniciou esta discussão. Última resposta de wagner jose florindo filho 8 Abr, 2010.

Mostre sua coleção!
11 respostas 

Vcs tem fotos de suas coleções?

Tags: coleção, ferreomodelismo

Iniciou esta discussão. Última resposta de Ronaldo Batista Oliveira 26 Out, 2012.

Hobby de velho?
18 respostas 

Sempre escuto gente falando que colecionar miniatura de trens é hobby de gente velha... Q q vcs acham disso?

Tags: ferreomodelismo, velho, de, hobby

Iniciou esta discussão. Última resposta de Ricardo Cecílio 8 Mar, 2011.

Olá
45 respostas 

fala aí galera, eu sou o anderson! moro em curitiba e ando de trem desde que eu era criança!eu fico muito revoltado com o descauso que o governo brasileiro tem com os trens. o país devia ter trilhos…Continuar

Iniciou esta discussão. Última resposta de Neida Lucia Barzoti 16 Abr, 2013.

 

Página de Anderson Pinoti

Blog de Anderson Pinoti

Como vender trens em miniatura



O hobby do ferreomodelismo (miniaturas de trens - locomotivas e vagões, e estradas de ferro) começou no final dos anos de 1800, com locomotivas de corda feitas na Alemanha. Estes trens eram grandes, feitos de metal, e trouxeram anos de diversão e entretenimento para crianças de toda a Europa e, por fim, da América do Norte. No entanto, foi só no período imediatamente após a II Guerra Mundial que o hobby que conhecemos hoje entrou nos trilhos. Ao… Continuar

Postado em 17 maio 2010 às 17:04

Caixa de Recados (6 comentários)

Você precisa ser um membro de Amantes Da Ferrovia para adicionar comentários!

Entrar em Amantes Da Ferrovia

Às 8:54 em 1 outubro 2011, ruth002 disse...
Olá
Meu nome é Ruth, eu sou uma mulher. i vi o seu perfil hoje e aqui está o meu e-mail privado (ruth06mugabe@yahoo.com) como it.I gostaria de estabelecer uma relação duradoura com você. me responda para que eu envie minhas fotos para você e também discutir algo importante com você sobre o meu investimento futuro.
obrigado,
O seu novo amigo, (ruth06mugabe@yahoo.com)

xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

Hello
My name is Ruth,i am a female. i saw your profile today and here is my private email (ruth06mugabe@yahoo.com) like it.I would like to establish a long lasting relationship with you. reply me so that i will send my pictures to you and also discuss something important with you about my future investment.
Thanks,
Your new friend,(ruth06mugabe@yahoo.com)
Às 23:12 em 28 maio 2011, gift disse...
giftsober@yahoo.com

OLÁ
Meu nome é Gift i Presente viu o seu perfil hoje em (amantesdaferrovia.ning.com) e fundo você digno de ser meu como alguém a quem eu possa me deitar em seus braços enquanto o amor é a preocupação, cuidado e brincando a noite toda e, l também gostaria de saber o que você mais, e eu quero que você envie um e-mail para o meu endereço de e-mail (giftsober@yahoo.com) para que eu possa dar-lhe a minha foto para você sabe quem eu sou. Aqui está o meu endereço de e-mail, acredito que podemos passar daqui! Eu estou esperando por seu e-mail para o meu endereço de e-mail acima. saudades do Gift
(Lembre-se da distância ou de cor não importa, mas uma matéria muito amor na vida)

-----------------------------------------


giftsober@yahoo.com

HELLO
My name is miss Gift i saw your profile today at(amantesdaferrovia.ning.com) and fund you worthy to be mine as some one  whom i can lay on his arms as long as love is concern, caring and teasing you all the nightlong and ,l will also like to know you the more,and l want you to send an email to my email address (giftsober@yahoo.com) so l can give you my picture for you to know whom l am. Here is my email address I believe we can move from here! I waiting for your mail to my email address above. miss Gift
(Remember the distance or color does not matter but love matters a lot in life)


Às 16:35 em 5 maio 2010, Carlos Alberto Xavier Garcia disse...
Olá! Boa-tarde!
Sou de São Gabriel (RS) e quero organizar um projeto de Extensão universitária que envolva a Prefeitura e MPF para a revitalização de estudos urbanísticos e preservação da ferrovia na cidade de são Gabriel... Se puderem me ajudar de alguma forma... Agradeço!
Às 16:35 em 5 maio 2010, Carlos Alberto Xavier Garcia disse...
Olá! Boa-tarde!
Sou de São Gabriel (RS) e quero organizar um projeto de Extensão universitária que envolva a Prefeitura e MPF para a revitalização de estudos urbanísticos e preservação da ferrovia na cidade de são Gabriel... Se puderem me ajudar de alguma forma... Agradeço!
Às 13:15 em 5 maio 2010, Guilherme Moll Persichini Cunha disse...
MANIFESTO DOS SITIANTES DA MG-O3O CONTRA O ASFALTAMENTO DO UNICO TRECHO INTACTO DA ESTRADA REAL
Giuseppe Persichini Moll
A comunidade ambientalista/histórico cultural em Minas está em alerta pela ameaça de asfaltamento do único trecho intacto da estrada real em Minas Gerais – a rodovia MG - 030, entre Rio Acima e Itabirito.
A ameaça denunciada por ambientalistas da Associação Ecológica de Moradores da Rodovia MG-30. Estrada que começa em Belo Horizonte e vai a Nova Lima, Rio Acima e Itabirito. Esse é o caminho – com de mais de 200 anos – que ligava Minas Gerais ao Rio de Janeiro e serviu de norte para bandeirantes, faiscadores, mineradores e da Tropa Real.
Para reverter este asfaltamento os defensores do meio ambiente e da história e cultural fizeram um ante-projeto para que a estrada seja calçada com pedra “pé de moleque” ”, acrescido ao argumento de que dará maior autenticidade ao local e possibilitará permeabilidade e condições propícias à plantas, animais e pássaros conviverem. meio ambiente.
– Esta antiga estrada tem 23 km encascalhados e salpicados com pedras do tempo colonial foi feita com cortesnos contrafortes da serra e da mata protegida na APA/SUL.
Porém, algumas pessoas “atiçadas” por mineradoras e maus políticos tentam forçar a barra para asfaltar – com o equivocado argumento do progresso a qualquer custo, e com prejuízo ao meio ambiente. Isso fatalmente poderá acabar com o ecossistema da região e fará com que aumente o perigo de acidentes automobilísticos, uma vez que o trecho é cheio de curvas e muitos precipícios abissais.
Os moradores e pequenos sitiantes e do entorno da Rodovia (), os ambientalistas e vereadores de Rio Acima, Itabirito, Nova Lima, Raposos e BH, aliados às associações socioambientais, estão fazendo apelos ao às secretarias de Cultura, de Turismo etc. para se unirem contra a ameaça de mais um crime ecológico - - caso seja perpetrado
Às 13:07 em 5 maio 2010, Guilherme Moll Persichini Cunha disse...
DECISÃO ECOLÓGICA – Os sistemas de calçamento ecologicamente corretos são indicados para pavimentos que preservam o meio ambiente sem agredi-lo.
O calçamento feito com pedra “pé de moleque” (“pedra de mão”), além da vantagem ambiental, é fortalecido pelo argumento do aspecto social, pois poderá ser feito empregando material e mão de obra locais, e que poderá também incentivar a adoção do exemplo em várias outras cidades do entorno das estradas vicinais, com grande ganho ambiental e cultural.
Trata-se de uma alternativa que é considerada útil e ambientalmente correta por administradores públicos e privada, projetista, ambientalistas, consultores e empreiteiros, ou por qualquer pessoa envolvida na escolha dos tipos de pavimentos a serem utilizados nos mais diversos campos de aplicação.
CICLO HIDROLÓGICO - A escassez de água no meio ambiente e as formas de garantir o melhor aproveitamento desse recurso, são alguns dos temas mais discutidos em todo planeta. A UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) afirmou que nos próximos cinqüenta anos, os problemas relacionados com a falta de água afetarão todas as pessoas no mundo.
Uma das causas é a ação predatória do homem, que continua a intervir no ciclo hidrológico, e acaba por contribuir na intensificação dos desastres naturais, seja com o desmatamento ou até mesmo pela impermeabilização do solo através da pavimentação Asfáltica de grandes áreas.

O calçamento “pé de moleque”, ou “pedra de mão” permite a perfeita drenagem das águas de chuva e, ao mesmo tempo, evita a impermeabilização do solo, pois as juntas entre as pedras possibilitam a infiltração de uma de uma parcela das águas incidentes, amenizando desta maneira, o impacto ambiental. Portanto, são considerados pisos ecologicamente corretos.

Giuseppe Gabriel Persichini Moll
depersi@ibest.com.br - Rio Acima-MG - 9733.9183
 
 
 

Publicidade

Membros

Comunidades

Música

Carregando...

© 2017   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço