Será que o projeto Expresso Pai da Aviação decolará nos trilhos de Santos Dumont?

Um impasse entre a empresa ferroviária que é a concessionária que opera a chamada Malha Sudeste da Rede Ferroviária Federal S. A, o Poder Público Municipal e a OSCIP – Movimento Nacional Amigos do Trem deixa o projeto trem turístico de passageiros Expresso Pai da Aviação paralisado há cerca de 2 meses.

Recentemente foi publicada na mídia local a informação de que a litorina estava sendo cogitada a ser levada para outro município.

O contexto partiu de uma publicação postada em um site informando que a OSCIP Amigos do Trem estaria negociando com a Prefeitura de Mangaratiba, no Rio de Janeiro, a ida da operação ferroviária da litorina que faria o “Expresso Pai da Aviação” para tal localidade.

Esse fato noticiado pela imprensa local causou grande comoção popular em Santos Dumont.

Por que o projeto está realmente parado? Quais os empecilhos e negativas que a empresa concessionária da ferrovia vem impondo a esse projeto? Há realmente essa negociação envolvendo o Movimento Amigos do Trem com a cidade de Mangaratiba?

Essas são as principais dúvidas da comunidade sandumonense com relação ao impasse.

Como forma de esclarecer aos cidadãos o que de fato está acontecendo, o presidente da OSCIP, Sr. Paulo Henrique do Nascimento, enviou uma nota a nossa redação.

Confira a nota de esclarecimento na íntegra:

 

 

“Nota de Esclarecimentos/Expresso Pai da Aviação

 

O projeto trem turístico de passageiros Expresso Pai da Aviação, está paralisado a quase 2 meses por intransigência da Gerência de Melhorias e Normatização Operacional (GNO) da MRS Logística, uma vez, que a Litorina (trem) foi toda reformada voluntariamente, existe a obrigatoriedade do Contrato de Concessão celebrado entre a União e MRS que obriga a passagem de 02 pares de trens de passageiros por dia, ou seja, duas idas e duas voltas, do Decreto nº 1.832 de 04 de Março de 1996, Art 34., que os trens de passageiros terão prioridade de circulação sobre os demais, exceto os de socorro , do Marco Regulatório, disciplinado pela Resolução nº 3.695/11, que diz a respeito do Direito de Passagem e Trafego Mutuo, da da Resolução da ANTT nº 3.609, de 01 de 12 de 2010, publicada no D.O.U, de 13 de dezembro de 2010, que autoriza sua circulação em 125km entre as cidades de Matias Barbosa, Juiz de Fora, Ewbank da Câmara, Santos Dumont, Antônio Carlos e Barbacena, sendo considerado um trem de médio percurso, que irá interligar a Zona da Mata aos Campos da Vertentes no Estado de Minas Gerais, e que seria o primeiro trem regional de passageiros na malha da MRS que opera trens de cargas em 3 estados brasileiros (MG,RJ e SP).

Pelo motivo da paralisação equivocada do Expresso Pai da Aviação, por parte de MRS Logística, a população da cidade de Santos Dumont esta se mobilizando, com sito, acontecerá uma Audiência Pública na Câmara Municipal de Santos Dumont, na terça-feira dia 27/11/2012, às 19:00hs.

Participe desta Audiência Pública e ajude diretamente a viabilizar o trem de passageiros turístico em Santos Dumont, Juiz de Fora, Matias Barbosa, Barbacena, Ewbank da Câmara e Antonio Carlos/MG.
Cordialmente,

Paulo Henrique do Nascimento
Presidente da OSCIP – Movimento Nacional Amigos do Trem”

 

Nossa equipe de reportagem foi a convite do presidente da OSCIP – “Movimento Nacional Amigos do Trem” visitar o local onde a litorina se encontra objetivando conhecer de perto o trabalho de toda a equipe e obter maiores informações sobre esse impasse vigente.

Após vários registros e colocações por parte dos integrantes da OSCIP que estavam presentes, dentre os quais estavam o Sr. Milton Andrade (Maquinista), José Capos Netto (Mecânico), Ademir Monteiro de Paula conhecido como Ademonpa (Maquinista) e Cida Oliveira Netto (Responsável pela Conservação), nossa equipe gravou uma entrevista exclusiva com o presidente do Movimento, Sr. Paulo Henrique, que nos prestou mais esclarecimentos sobre o fato.

 

Projeto “Expresso Pai da Aviação”

O “Expresso Pai da Aviação” é um projeto elaborado no ano de 2006 pela OSCIP – Movimento Nacional Amigos do Trem, com o objetivo de reativar o trem de passageiros na região da Zona da Mata Mineira e Campos das Vertentes, com finalidade turística. O mesmo faz parte de um programa do Governo Federal, chamado plano de revitalização das Ferrovias, que busca resgatar o transporte ferroviário de passageiros.
Para implantação do projeto foram cedidos à OSCIP no dia 14/05/2009 pelo DNIT, seis vagões de passageiros do antigo “Trem de Prata”, sendo que quatro serão usados com poltronas e dois serão usados como restaurantes, duas Locomotivas Diesel – Elétricas e duas automotrizes Budd, que serão usadas em projetos especiais do expresso.


 

Negociação com a Prefeitura de Mangaratiba

“Realmente está havendo muita especulação sobre isso. A nossa idéia é integrar o projeto do Estado do Rio de Janeiro com o Estado de Minas Gerais, através da cidade de Santos Dumont e Mangaratiba, fazendo um fluxo de turistas, onde as duas cidades possam ser beneficiadas. Você terá os turistas que estarão vindo dos cruzeiros dentro de Mangaratiba podendo trazê-los a Santos Dumont.

O projeto de Mangaratiba e independente do “Expresso Pai da Aviação”. O que acontece na realidade é que a falta de da participação efetiva do Poder Público por conta do que ocorre na negociação da MRS, onde nós não podemos perder a litorina e deixar de rodar. Mas a atuação nossa é para o Expresso Pai da Aviação. Em momento algum nós deixamos de batalhar por conta do projeto, de estar correndo atrás, realizando os treinamentos. Estamos aguardando uma resposta do Poder Público Municipal, pois a comunidade tem interesse de ver esse trem rodando e outros trens de passageiros no Brasil”, relatou Paulo.

 

Risco do Projeto não decolar sem o apoio do Poder Público

“Eu acredito que há esse risco sim, porque os Amigos do Trem juntamente com outros voluntários de Santos Dumont e do Brasil que tem ajudado o Expresso Pai da Aviação o risco chegou no limite. Chegou no limite ondea gente reformou o trem, obtivemos a resolução da parte legal de Leis dos Município,  que é onde o Poder Público Municipal tem que ajudar, no sentido de estar participando nas negociações com a MRS, com o Ministério Público Federal, que nós já acionamos para poder estar acompanhando o Expresso Pai da Aviação, para que tudo seja feito na legalidade por parte da MRS e nossa, e da própria agência. Então realmente falta esse apoio do Poder Público Municipal de estar ali com a gente no dia a dia, e estar também ajudando nas questões de equipamentos que tem que ser comprados, pois a entidade não tem condição. O mais importante é o trem, não são esses equipamentos, e o trem esta pronto e já colocamos a disposição do município.”, ressaltou.

 

Orçamento de apoio para o projeto

“Isso depende muito dos equipamentos exigidos pela MRS. Nós havíamos feito esse orçamento há alguns anos atrás para não depender do Poder Público, onde o próprio trem se estivesse funcionando, nós poderíamos comprar, mas como a MRS parou o trem, o que achamos abusivamente, nós não conseguimos a arrecadação para comprar esses equipamentos. Como ela exige agora, eu acredito que deverá ficar em torno de quarenta a cento e cinqüenta mil reais por cabine, que é o CBTC*. Mas ele ainda não foi instalado na ferrovia onde nós iremos operar e isso pode até ser questionado a própria MRS. Por que exigir da gente se há várias locomotivas que rodam sem a CBTC, veículos de manutenção de linha?”, informou.

 

Apoio da nova Administração Pública eleita em 2012 em Santos Dumont

“Nós estamos tentando contato com o Prefeito eleito de Santos Dumont até antes da audiência pública. Segundo informações o mesmo está muito disposto a ajudar o projeto, pois é ótimo para a cidade e para Minas Gerais. Nós estamos aguardando esse contato com ele para estarmos realizando a reunião oficial para estar mostrando a ele os benefícios do Expresso Pai da Aviação para a cidade e estar viabilizando a compra desses equipamentos que são necessários para o trem circular.”, afirmou.

 

Segundo Paulo Henrique, uma das coisas que foi inviabilizada e que deixou todos decepcionados foi que os mesmos teriam programado para o mês de Dezembro o “Trem de Natal”, onde seria arrecado brinquedos para serem doados para as crianças carentes de Santos Dumont, onde as pessoas ao invés de pagarem passagem iriam doar esses brinquedos.

O presidente da OSCIP terminou sua fala ao Portal Cabangu convidando a toda a população sandumonense, cidades vizinhas, autoridades do Poder Público e Privado, empresários e demais cidadãos para participar de mais um importante momento que será a realização de uma audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores de Santos Dumont, na próxima terça-feira, 27 de novembro, às 19 horas.


 

Paulo também comunicou que haverá uma reunião que será realizada no dia 03/12/2012, às 14h30min., na Superintendência de Serviços de Transporte de Passageiros/SUPAS/ANTT, localizada no SCES Trecho 3, Pólo 8, Lote 10, Bloco C, Brasília – DF, que irá tratar sobre a paralisação do projeto do trem turístico denominado “Expresso Pai da Aviação”, com a presença confirmada de autoridades Governo Federal, do Ministério dos Transportes, do Diretor do Instituto Federal de Educação Campus Santos Dumont, da Ong Amigos do Trem, do Poder Público Municipal de Santos Dumont entre outra autoridades, devido ao grande interesse público que o Projeto representa para as comunidades da Zona da Mata Mineira.

Para maiores informações acesse:

www.amigosdotrem.com.br/

www.facebook.com/amigosdo.trem

Exibições: 295

Comentar

Você precisa ser um membro de Amantes Da Ferrovia para adicionar comentários!

Entrar em Amantes Da Ferrovia

Comentário de Bruno Crivelari Sanches em 11 dezembro 2012 às 10:36

Para MRS não interessa porque vai atrapalhar a carga dela. Preservação ferroviária é algo realmente complexo e acontece muitas coisas nos bastidores que os críticos de plantão nem sonham.

É torcer para que cheguem em um acordo e tenhamos mais uma opção de trem turístico.

Comentário de luis eduardo alves da vitoria em 8 dezembro 2012 às 18:10

Boa noite a todos! Ao meu ver a MRS está dificultando porque teme que esse projeto cresça e ela tenha que ceder espaço para outros trens de passageiros, ou seja, não interessa a ela nenhum trem de passageiros, nem turístico, muito menos regular... é uma pena! Tomara que esse imbrógio seja solucionado!

Comunidades

Últimas atividades

Mauricio Cardim atualizaram seus perfis
28 Set
Mauricio Cardim postou um status
"O que Tenho muitos cartões postais lançados, inclusive recentes. Vendo e faço permutas. Mauricio Cardim Caixa Postal 61 - IP"
28 Set
JOSEMAR DOS SANTOS DINIZ compartilhou um perfil em Facebook
11 Set
Eliane Marques atualizaram seus perfis
26 Ago

© 2018   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço