21/05/2013 11h32 - Atualizado em 21/05/2013 12h53

Transtorno marca primeiro dia de novo transporte para o Cristo, no Rio

Clientes reclamam da falta de informação na manhã desta terça-feira (21).
Problema no site faz secretário abrir exceção para venda de ingressos.

Cristiane Cardoso Do G1 Rio

67 comentários
Turistas compravam ingresso para o Cristo Redentor na manhã desta terça (Foto: Cristiane Cardoso/G1)Turistas compravam ingresso para o Cristo Redentor na manhã desta terça (Foto: Cristiane Cardoso/G1)

A falta de informação causou transtornos aos turistas e moradores do Rio que pretendiam visitar o Cristo Redentor na manhã desta terça-feira (21). Algumas pessoas também encontraram problemas na hora de comprar o ingresso.

A partir desta terça, cariocas e turistas que quiserem visitar o monumento podem contar com vans autorizadas pela Prefeitura do Rio para chegar ao local. O veículo vai partir do Largo do Machado direto para o monumento. Já o visitante que preferir usar o trem do Corcovado, deverá adquirir o bilhete pela internet através do site www.corcovado.com.br.

Não haverá mais ponto de vendas na Estação do Cosme Velho nem no Hotel Paineiras. Na bilheteria, será feita apenas a troca do voucher pelo ingresso. Os bilhetes também serão comercializados em casas lotéricas e em um quiosque da Riotur, na Candelária, no Centro.

Moradora de Copacabana, Maria Estrela levou a prima de São Luís (MA), Gabriela Estrela, com o marido e o filho, para o Cristo. Eles encontraram problemas para comprar o ingresso. Eles alugaram um carro para o transporte, mas foram impedidos de adquirir apenas o ingresso no quiosque.

"A gente subiu lá de carro, aí falaram pra gente descer pra comprar aqui e que lá não podia parar. A gente chegou cedo lá e agora a gente não pode comprar o ingresso sem comprar a van também", contestou.

Segundo Maria, as coisas estão confusas no local. "A gente já veio antes ao Cristo e não teve problema. Eles não estão deixando a gente comprar o ingresso sem ser pra ir de van. E de van temos que comprar dois ingressos, um pra van e outro pra subir lá. Disseram que só podemos comprar pela internet e daqui a dois dias", reclamou desapontada a prima Gabriela, que veio de São Luís.

Segundo o secretário Municipal do Governo, Rodrigo Bethlem, porém, a venda na internet já está disponível a partir desta terça e quem deseja ir de carro só pode comprar pela internet.

"Todo mundo tem internet hoje em dia. Quem está no hotel, tem internet, quem está em albergue tem e quem está na casa de amigos, também. Quem não tiver pode se dirigir ao quiosque na Candelária, onde podem comprar o ingresso pro trenzinho e aqui compram o ingresso com a van e podem deixar o carro pelos arredores da praça", explicou o secretário.

Após cerca de uma hora, Maria e Gabriela conseguiram comprar no quiosque da Praça Largo do Machado somente o ingresso, sem o transporte da van. "Foi autorizado porque a internet está fora do ar", explicou Gabriela. “Hoje caiu a internet então, estamos autorizando hoje a venda dos ingressos aqui, mas não é o ideal", completou o secretário.

Segundo o secretário, a decisão foi tomada para garantir o conforto do turista. "Ele não vai correr o risco de chega lá e não conseguir entrar. Estamos evitando esse fluxo de vans indo pra lá ou para as Paineiras sem ingresso garantido. Isso tem causado tumulto lá", completou.

Exibições: 164

Comentar

Você precisa ser um membro de Amantes Da Ferrovia para adicionar comentários!

Entrar em Amantes Da Ferrovia

Comentário de LEONAM DA SILVA FERREIRA em 28 maio 2013 às 16:51

  ISSO É MAIS UMA DAS COISAS ABSURDAS QUE ACONTECEM NO BRASIL.  IMAGINA COM A INTERNET LENTA, COMO É QUE SE VAI CONSEGUIR COMPRAR INGRESSO PARA O CRISTO, SEM FALAR QUANDO A MESMA SAI DO AR ?   PARECE QUE NOSSAS AUTORIDADES  DITAS (IM)COMPETENTES PENSAM QUE TODOS OS BRASILEIROS TEM COMPUTADOR EM CASA E A INTERNET CHEGA EM TODOS OS LUGARES DE TODOS OS MUNICÍPIOS BRASILEIROS, SEM FALAR NO FATO QUE PESSOAS IDOSAS TEM DIFICULDADE DE LIDAR COM ESSE TIPO DE COISA.  SERÁ QUE ESTAMOS NUM PAÍS TÃO MARAVILHOSO QUE TODOS TEM ACESSO A SAÚDE, EDUCAÇÃO, SEGURANÇA, TRANSPORTES E TODA A INFRA ESTRUTURA FUNCIONANDO ?  PARABÉNS PELA SENSACIONALÍSSIMA IDÉIA. 

Comentário de Neida Lucia Barzoti em 21 maio 2013 às 17:01

          E a posição que um idoso terá que ficar para comprar o ingresso, fala sério gente, isso é uma cidade turística?

© 2018   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço