Este vídeo é de autoria de Hélio dos Santos Pessoa Júnior, filmado na maquete da ASSOCIAÇÃO MINEIRA DE FERREOMODELISMO em Belo Horizonte - MG.

O Trem Rio Doce da Estrada de Ferro Vitória a Minas - Companhia Vale do Rio Doce, conforme é fato já bastante conhecido, surgiu em 1954, em comemoração ao cinquentenário da Estrada de Ferro Vitória a Minas. De 1954 à 1960, a cidade de Nova Era - MG, era o ponto final deste trem de passageiros que fazia correspondência com o Noturno da Estrada de Ferro Central do Brasil, de prefixo NF-1 e NF-2, respectivamente. Ao partir de Vitória - ES, o Rápido Vitória a Minas, como também era chamado o Trem Rio Doce, vinha com o prefixo RD-1 (Rápido 1). De Nova Era à Vitória, tinha o prefixo RD-2 (Rápido 2). A partir de 1960, o Trem Rio Doce passou a ir direto de Vitória à Belo Horizonte, como RD-1 até Nova Era e, de Nova Era até Belo Horizonte, assumia o prefixo NF-32, significando N = Noturno; F= referente ao ramal de Nova Era 32 = referente ao Terceiro Distrito da Central do Brasil. De Belo Horizonte à Nova Era, assumia o prefixo NF-31 e, ao chegar em Nova Era, assumia o prefixo RD-2. Como NF-31 e mesmo como RD-2, de 1965 à 1975, era formado por carros tanto da Vitória a Minas (os de fabricação Santa Matilde) quanto da RFFSA - CENTRAL (de fabricação Trajano de Medeiros - Rio de Janeiro e Horto Florestal - Belo Horizonte). A partir de 1976, quando a RFFSA assumiu toda a malha férrea da Central, o Trem Rio Doce, no ramal de Nova Era passou a ter como prefixo ROB-1 de Belo Horizonte à Nova Era e ROB-2, de Nova Era à Belo Horizonte, continuando, porém, como RD-1 e RD-2 nas linhas da Estrada de Ferro Vitória a Minas. Fato curioso é que, de Belo Horizonte à Nova Era, era chamado de Noturno e, de Nova Era à Vitória, era chamado de Rápido Vitória a Minas até 1983, quando fora suprimido e os trens de passageiros da Vitória a Minas, a partir de 1984 até 1993, com prefixo P-21; P-22; P-23 e P-24, iam somente de Vitória à Itabira e eram todos diurnos. O P-21 ia de Vitória à Governador Valadares. O P-22, de Valadares à Vitória. O P-23, de Governador Valadares à Itabira e o P-24, de Itabira à Governador Valadares. Estes eram os antigos Expressos P-1; P-2; P-3 e P-4. O início da década de 80 marcou o fim de uma era de ouro na história dos trens de passageiros no Brasil, sobretudo os Noturnos!

Classificação:
  • Atualmente, 5/5 estrelas.

Exibições: 110

Comentar

Você precisa ser um membro de Amantes Da Ferrovia para adicionar comentários!

Entrar em Amantes Da Ferrovia

© 2018   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço