Amantes da Ferrovia
Amantes da Ferrovia
Você procura por
  • em Publicações
  • em Grupos
  • em Usuários
VOLTAR

Digitalização de Acervo Fotográfico vai Preservar a Memória Ferroviária de Sorocaba

Digitalização de Acervo Fotográfico vai Preservar a Memória Ferroviária de Sorocaba
Amantes da Ferrovia
out. 9 - 3 min de leitura
000


O Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (MEFS), através da Secretaria de Cultura (Secult) de São Paulo, está prestes a iniciar a  digitalização de todo o seu acervo fotográfico. O trabalho deve começar ainda este ano é fundamental para preservação da memória ferroviária local, dos mais de dois mil documentos guardados. 

O MEFS desempenha um papel vital na preservação, documentação e promoção da memória ferroviária local. Além de manter os acervos, o museu promove eventos e celebrações que colocam em evidência a importância das ferrovias, incluindo o lançamento de obras relacionadas à temática ferroviária.

Memória ferroviária de Sorocaba

O arquivo do  MEFS é composto por 2.877 fotografias, abrangendo desde o início do século XX até os dias atuais. O acervo é considerado um legado inestimável da memória ferroviária, frequentemente consultado para fins acadêmicos, exposições e até mesmo para conexões familiares. 

As fotografias capturam a expansão das ferrovias, as grandiosas obras realizadas, os ambientes de trabalho, os rostos dos trabalhadores e trabalhadoras que deram vida às ferrovias, além de registrar a inauguração de estações e ramais e as festividades que permeavam o universo ferroviário.

Trabalho em equipe 

A equipe técnica do projeto é liderada pela museóloga Daniella Gomes Moreira, da Secretaria de Cultura de Sorocaba, pela proponente do projeto, a arquiteta e urbanista Larissa Girardi Losada, e Maria Eduarda Scatena Brançam, com licenciatura em História. 

A digitalização seguirá uma metodologia específica para fotografias, utilizando equipamentos de escaneamento adequados, com uma estimativa de duração de pelo menos 10 meses para completar todo o processo. Até o momento, foram concluídos inventários dos acervos fotográfico, documental (mapas, projetos, desenhos técnicos e documentos de ex-ferroviários) e bibliográfico.

As imagens capturam não apenas trens e trilhos, mas também a história, as pessoas e as comunidades que moldaram a ferrovia. Graças a esta iniciativa, essa herança continuará viva e acessível para todos, contribuindo para a compreensão de como as ferrovias desempenharam um papel fundamental no desenvolvimento regional e estadual. É um convite para todos que são apaixonados pelas viagens que a história ferroviária proporciona.

Serviço:

Quem quiser conhecer  mais sobre o MEFS e seu projeto de digitalização, o museu está localizado no Jardim Maylasky, na Rua Álvaro Soares, 533, no Centro de Sorocaba. Informações adicionais estão disponíveis de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, através do telefone: (15) 3218-6101 ou pelo e-mail: mefs@sorocaba.sp.gov.br.


Fonte: Secult SP


Fotos:

https://noticias.sorocaba.sp.gov.br/projeto-cultural-vai-digitalizar-acervo-fotografico-do-museu-da-estrada-de-ferro-sorocabana/


Crédito:  Acervo fotográfico do Museu da Estrada de Ferro Sorocabana 




Denunciar publicação
    000

    Indicados para você