[ editar artigo]

Schwebebahn de Wuppertal: um sistema de trânsito centenário

Schwebebahn de Wuppertal: um sistema de trânsito centenário

Com um carro suspenso em um trilho elevado (um esquema parecido com as montanhas-russas modernas), o Schwebebahn é um sistema de transporte urbano em Wuppertal, na Alemanha, construído em 1901.

O metrô suspenso é um dos sistemas ferroviários mais famosos devido à sua tecnologia ETCS. Além de ser o principal meio de transporte, esse sistema de trânsito é a marca registrada da cidade.

Sua construção foi iniciada em 1898, e sua inauguração ocorreu três anos depois. O trem suspenso percorre aproximadamente 13 Km a uma altura de 12 metros em 35 minutos.

O metrô de Wuppertal dispõe unicamente de uma linha que passa por 20 estações, atendendo a região de Vohkinwel-Oberbarmen.

As estações ficam a aproximadamente 700 metros de distância uma da outra. Quatro delas ficam no percurso terrestre enquanto as demais aéreas, ficando suspensas estaticamente a partir de um sistema de andaimes. O acesso às estações pode ser feito por meio de escadas ou pelo novo sistema de elevadores.

O “Dragão de Aço”

 

Nas palavras da poeta nascida em Wuppertal, Else Lasker-Schüler, a viagem no monotrilho se compara a um voo nas costas de um “dragão de aço”.

A maior parte da viagem segue o caminho do rio Wupper, que corre rapidamente, 12 metros (39 pés) abaixo dos carros. No final da linha há um looping, permitindo que os trens façam a volta.

Uma das vantagens deste sistema ferroviário é que não há engarrafamentos ou cruzamentos. Além disso, os operadores da ferrovia não precisam se preocupar com a neve ou folhas nos trilhos.

Cada trem Schwebebahn tem dois carros, comportando 200 pessoas por carro. Eles também são mais estreitos do que os trens convencionais, com espaço suficiente para dois assentos, um corredor e um assento individual ocupando a largura de cada vagão. A alta frequência do sistema é necessária para transportar em média mais de 65.000 passageiros por dia de semana.

O monotrilho atrai entusiastas do transporte de todo o mundo, que podem viajar em seu circuito com um bilhete de 24 horas por um valor acessível; e os fãs de arquitetura costumam ser atraídos por suas 20 estações marcantes, desde a moderna e vítrea Kluse até o Art Nouveau estilo ponte Werther.

O recente fechamento foi o mais longo da ferrovia desde a segunda guerra mundial, durante a qual foi bombardeada. As autoridades colocaram todos os recursos necessários para restaurar rapidamente a marca registrada mais importante da cidade, e ela foi reaberta em 1946.

Controle de Trem ETCS Nível 3

O controle de trem ETCS Nível 3 foi comissionado com sucesso no monotrilho suspenso Schwebebahn em Wuppertal, que reabriu em agosto de 2019, após um fechamento de nove meses para renovações de infraestrutura.

No Nível 3, a ocupação da via é determinada exclusivamente pelos veículos que comunicam suas posições ao computador central via rádio. Isso elimina a necessidade de componentes convencionais de detecção de trens na via, como contadores de eixo, que agora foram removidos.

A Alstom forneceu sua tecnologia Atlas ETCS sob um contrato assinado com a WSW Mobil em 2012. Isso cobriu o equipamento de bordo para todos os 31 veículos da nova frota de Schwebebahn. No contrato, também estão inclusos equipamentos ao lado da linha, como o centro do bloco de rádio, travas de reposição e uma interface para o sistema de controle de operação.

Cronograma 2020 e 2021

Após uma reunião de emergência de seu conselho fiscal em 2 de julho, a empresa municipal de transporte e serviços públicos Wuppertaler Stadtwerke (WSW) anunciou que os serviços durante a semana foram suspensos em 11 de agosto, após o período de férias de verão.

No entanto, o monotrilho continua operando nos fins de semana. De acordo com a WSW, esse cronograma reduzido provavelmente permanecerá em vigor até o verão de 2021.

Amantes da Ferrovia
Ler conteúdo completo
Indicados para você