[ editar artigo]

Venice Simplon-Orient-Express: A volta dos trens dos anos 20

Venice Simplon-Orient-Express: A volta dos trens dos anos 20

O Venice Simplon-Orient-Express (VSOE) é o conjunto de carros mais famoso do mundo. Ele promete não apenas levar você pela Europa, mas transportá-lo de volta no tempo. Com sua estrutura em madeira polida, estofados suntuosos e acessórios antigos, o trem simboliza o glamour e a elegância da Era de Ouro das viagens.

Carros de trem vintage

Em 1977, o fundador da Belmond, James B. Sherwood, comprou dois carros de trem vintage em um leilão de Monte Carlo. Por saber da paixão das pessoas por viagens sofisticadas, ele procurou por toda parte “relíquias ferroviárias” imponentes em jardins privados, museus e caminhos de ferro.

Os carros dos famosos trens antigos, incluindo o Le Train Bleu e o Rome Express, mereciam um retorno nobre ao serviço, mas exigiam uma restauração mais especializada. Felizmente, alguns artesãos foram encontrados para a tarefa e, assim, se iniciou sua história.

Após anos de cuidadosa restauração, os icônicos carros azuis da meia-noite finalmente chegaram aos trilhos em 1982, prontos para transportar os hóspedes com um luxo inigualável em uma jornada clássica entre Londres e Veneza.

Autenticidade: vagões originais das décadas de 1920 e 1930

Cada detalhe do VSOE é autêntico. O trem compreende os vagões originais das décadas de 1920 e 1930, além de três vagões-restaurante, um elegante espaço com piano de cauda e uma boutique. Os passageiros podem escolher entre uma cabine simples ou dupla ou se acomodar em uma suíte.

As três novíssimas Grand Suites do Venice Simplon-Orient-Express – denominadas “Paris”, “Veneza” e “Istambul” – foram inauguradas há pouco tempo. Todos os móveis e acabamentos foram minuciosamente criados e nenhuma despesa foi poupada.

As suítes são tão funcionais quanto bonitas, com áreas inteligentes de armazenamento de pertences, pisos e paredes de banheiros aquecidos, espelho de corpo inteiro e secador de cabelo. Além de confortáveis, as camas podem ser utilizadas para guardar a bagagem. Todos os espaços são otimizados!

Veneza é luminosa com seus tons azuis e creme. Os espelhos com motivos florais são delicados. Istambul apresenta entalhes de madeira ornamentados, acabamentos em couro, os estofados e os azulejos seguem os tons laranja e amarelo. Já Paris é uma homenagem ao movimento Art Déco, com linhas geométricas arrojadas e tapeçaria exótica em tons de verde e marrom. Tudo foi feito sob medida para as suítes – dos incríveis azulejos nos banheiros às esculturas de marchetaria em madeira.

Um ícone incontestável dos trilhos

 

Talvez você não esteja se lembrando, mas a lista de rostos famosos que andaram nesse trem e que estrelaram filmes é longa.

O serviço inaugural do Orient Express foi lançado em 4 de outubro de 1883. Durante esse período, o trem transportava passageiros como Tolstói, Trotsky, Marlene Dietrich, Lawrence da Arábia e o espião Mata Hari. Até hoje, os filmes sobre o serviço foram estrelados por Sean Connery (O Espião que Me Amava, 1963), Kenneth Branagh, Penelope Cruz, Johnny Depp e Judi Dench (Assassinato no Expresso do Oriente, 2017), entre outros. E não vamos esquecer seu papel crucial em Drácula, de Bram Stoker. 

Como falamos, este trem há muito tempo capturou os corações e a imaginação dos passageiros. Três elegantes carros de jantar transbordam sofisticação culinária, desde revestimentos de vidro Lalique na Cote d'Azur até painéis de laca preta no L'Oriental.

O Bar Car tem uma tonalidade champanhe, enquanto o pianista toca doces melodias. Um mordomo vestido de azul e dourado acena com a mão com luvas brancas, dando-lhe as boas-vindas com um sorriso encantador. Instale-se em sua cabine, adornada com detalhes Art Déco e madeira de cerejeira francesa polida, e usufrua da  grande viagem  que se inicia...

A rota clássica de Londres a Veneza é a porta de entrada para o Oriente. Esta viagem de tirar o fôlego pelas fazendas rurais francesas e pelos vales alpinos suíços pode ser percorrida em qualquer direção. Você também pode ir de Paris a Istambul, uma autêntica aventura ao longo de seis dias até os limites da Europa. Além disso, você pode mergulhar na cultura de Budapeste e Bucareste antes de chegar a Istambul.

Paris para Berlim é a mais nova jornada do itinerário, uma emocionante viagem que liga dois dos centros culturais mais conhecidos da Europa. A tradição do “grand tour”  prospera com uma fuga luxuosa no Venice Simplon-Orient-Express.

Tenha certeza de que, qualquer que seja o caminho escolhido, você estará embarcando em uma aventura para aguçar seus sentidos e a imaginação.

Amantes da Ferrovia
Ler conteúdo completo
Indicados para você