[ editar artigo]

6 estações de trem mais bonitas do mundo

6 estações de trem mais bonitas do mundo

Olá, Amante da ferrovia! Hoje, nossa aventura será dentro das 6 estações de trem mais bonitas do mundo. Elas foram construídas não apenas para ser um simples terminal de trem para o embarque e desembarque de pessoas, mas também são verdadeiras obras de arte que atraem turistas vindos de todas as partes do mundo. Algumas carregam a história da época em que foram criadas, já outras, são reconhecidas pelos seus traços de modernidade. Porém, em todas essas obras arquitetônicas, a riqueza de detalhes fazem as estações ferroviárias se tornarem pontos turísticos importantes.

Quer conhecê-las ? Nós vamos te contar um pouquinho sobre elas. Aperte os cintos e embarque nessa viagem com a gente!

Terminal Grand Central - Nova York, EUA

Começamos nossa viagem pela maior estação ferroviária do mundo  - cerca de 22 milhões de turistas são atraídos a visitar essa estação. Ela foi construída em 1871 e demolida em 1903. Dez anos depois, foi reconstruída e se tornou um ponto turístico no coração de Nova York, com escadas de mármore, o relógio Tiffany na fachada 42nd St e a sua famosa pintura no teto. Além disso, o incrível Gran Hall é conhecido no mundo todo por fazer parte dos cenários de  vários filmes e seriados de TV. 

Estação da Luz - São Paulo, Brasil

Quem pensou que o Brasil ficaria de fora do nosso destino estava enganado! Inaugurada em 1901, inspirada no famoso relógio Big Ben de Londres e também na abadia de Westminster, a estação da Luz é hoje um dos prédios mais bonitos da cidade.

Localizada no bairro do Bom Retiro, centro de São Paulo, ela ocupa uma área de mais de 7 000 m² e recebem muitos visitantes. Sua construção foi bem trabalhosa, pois o edifício foi feito em Glasgow, na Escócia, desmontado e enviado de barco ao Brasil para então ser remontado. Já visitou a Estação da Luz?

Estação São Bento - Porto, Portugal

Nossa próxima parada é na estação portuguesa de São Bento. Construída em 1915, sua bela fachada lembra as arquiteturas parisienses do século XIX. O renomado pintor Jorge Colaço precisou de 11 anos para transformar o terminal em uma obra de arte, pintou à mão os mais de 20 mil azulejos que decoram o hall de entrada com cenas que representam momentos importantes da história de Portugal. 

St. Pancras - Londres, Inglaterra

Continuando nossa viagem pela Europa não poderíamos deixar a estação de St. Pancras fora desta lista!  O cenário dos filmes de Harry Potter foi inaugurado em 1868, passou por uma reforma e foi finalizada em 2007 - foram limpos os tijolos da estação de estilo neo-gótico e seus mais de 9.400 m² de vidro foram restaurados. É linda por dentro e por fora, abriga várias estátuas, além do relógio central e o conjunto de Anéis Olímpicos de 2012. 

Estação de Liege-Guillemins - Liege, Bélgica

Essa estação ferroviária pode ser considerada a mais futurista da nossa viagem. Com seu projeto aberto, de arquitetura sustentável, essa gigantesca estrutura pode ser vista de longe, possui um telhado de vidro e aço que é delicadamente suspenso sobre as plataformas. Ela foi desenhada pelo arquiteto Santiago Calatrava e construída em 1958. No entanto, em 2009 sua estrutura foi substituída e hoje é um dos lugares mais visitados da Bélgica.

Kanazawa Station - Ishikawa, Japão

Saindo da Europa, vamos para alguns fuso horários à frente, no oriente do planeta. Kanazawa Station foi construída em 1898 e reformada em 2005. Com isso,  ganhou uma arquitetura mesclada no estilo tradicional, que conta com um portão gigante de madeira, e no estilo moderno, é representada pela cobertura de vidro e aço. Se tornou um forte ponto turístico para a cidade sagrada de Ishikawa.

E aí, gostou da nossa viagem? O que acha de uma parte dois? Deixe nos comentários. Até a próxima.

Amantes da Ferrovia
Ler matéria completa
Indicados para você