[ editar artigo]

Passeios incríveis de trem pela Suíça

Passeios incríveis de trem pela Suíça

Não podemos negar: viajar de trem é simplesmente a melhor maneira de aproveitar tudo de magnífico que a Suíça tem a oferecer. Você pode curtir o ritmo calmo, a proximidade das montanhas, vales, lagos e o charme do velho mundo. Está certo que levaria muitos meses para apreciar plenamente todos os meandros do País e sua rede ferroviária. Ainda assim, separamos alguns dos passeios mais incríveis para você!

Suíça: um dos países com maior extensão em ferrovias

 

Para se ter uma noção da extensão das ferrovias suíças, fizemos um comparativo: a Suíça "mede" apenas 220 por 348 quilômetros – aproximadamente 41.000 quilômetros quadrados. Isso é apenas metade do tamanho do Lago Superior nos EUA / Canadá. Ou 2,5 vezes o tamanho de Pequim. Porém, se você reunir todos os trilhos de trem que atravessam o país, terá um total de mais de 5.200 quilômetros. Para se ter uma ideia, essa é a distância entre Ushuaia (Argentina) a São Paulo. 

Linha Golden Pass

A Linha Golden Pass conecta o centro da Suíça às margens do Lago Genebra. Essa espetacular jornada concentra oito lagos, percorre seis cantões diferentes (a versão suíça dos estados) e atravessa três passagens nas montanhas.

Lucerna é o lugar onde a maioria das pessoas inicia sua jornada no Golden Pass. Esta bela cidade às margens do Lago Lucerna é conhecida principalmente pela Kapellbrücke – uma passarela de madeira que atravessa o rio Reuss. Lá, você pode desfrutar as vistas espetaculares do lago e do Monte Pilatus, além do famoso Monumento do Leão e do Jardim Glaciar.

Depois de passar pelo lago, o trem começa a subir até o Brünig Pass, que fica a 1.008 metros (3.307 pés) acima do nível do mar. A caminho de Interlaken, você apreciará vistas deslumbrantes sobre o Lago Brienz e os Alpes Berneses.

Lago Thun e Spiez

 

O Lago Thun é uma paisagem de tirar o fôlego! Olhando pela janela a caminho de Spiez, você pode vislumbrar todo o encanto desse lago.

Construído às margens do Lago Thun, Spiez é uma cidadezinha maravilhosa. Uma parada de uma hora dá a você tempo suficiente para ir até as margens do lago, visitar o castelo, caminhar pela bela cidade ou até dar um mergulho rápido nas águas do Thun.

Bernese Oberland

Uma grande parte da linha Golden Pass leva você pelo Bernese Oberland. Esta área é um sonho para os amantes de montanhas e resume muito bem o que é a Suíça. Lagos, montanhas, prados verdejantes com vacas pastando, geleiras, diversas  trilhas para caminhadas, paisagens maravilhosas e simpáticos vilarejos.

No inverno, a área se transforma em um refúgio para quem procura neve. Gstaad, diferentemente de St.Moritz nos Alpes Berneses, é particularmente popular.

Montreux

Montreux marca o fim, ou o começo, da linha Golden Pass. Esta bela cidade perto do lago de Genebra é a porta de entrada para muitas atrações da região.

Esteja você visitando o Château de Chillon, a cidade de Vevey, o vinhedo de Lavaux, Patrimônio Mundial da UNESCO, ou apenas passeando perto da estátua do Freddie Mercury (em Montreux), esta cidade fará o passeio valer a pena.

Linha Glacier Express

O Glacier Express é possivelmente a viagem de trem mais conhecida da Suíça. Você pode chegar ao ponto de partida em Zermatt por meio de uma rápida viagem regional de 2,5 horas a partir do final do Golden Pass em Montreux.

Os trens desta linha viajam diariamente entre as cidades de Zermatt e St. Moritz. É um dos passeios mais luxuosos do mundo. Também oferece vistas inigualáveis ​​de algumas das paisagens mais espetaculares do País, seja no verão ou no inverno.

Como o próprio nome sugere, você poderá vislumbrar geleiras impressionantes. Também verá picos de montanhas congelados, aldeias isoladas, campos férteis, belos rios e lagos deslumbrantes. Além disso, você pode interromper a longa jornada com um pernoite em qualquer cidade no meio do trajeto. Com certeza você não irá se arrepender!

Linha Gotthard Panorama Express

Se você adora uma aventura, a viagem pela histórica Linha Gotthard, de Lucerna a Lugano é o passeio ideal!

Na primeira etapa da sua viagem, você viaja pelo Lago de Lucerna até Flüelen a bordo de um barco a vapor. Em Flüelen, o trem Gotthard Panorama Express leva você pela histórica rota Gotthard até o ensolarado Sul da Suíça. 

Antes da abertura do túnel mais longo do mundo em 2016, viajar por essa rota por meio do Maciço de São Gotardo era a maneira normal de chegar de trem ao cantão de Ticino. Hoje, o Gotthard Base Tunnel – com 57 quilômetros de extensão – traz uma economia de tempo aos passageiros, ele percorre os Alpes em menos de 20 minutos. 

Durante o trajeto, você não pode deixar de  ver a Igreja Barroca de Wassem, icônica para a linha de São Gotardo. Esta pequena igreja na vila de Wassen, conhecida como "Chilelli vo Wasse", fica em uma colina e pode ser vista de três ângulos diferentes no caminho até o antigo túnel de São Gotardo. Como o trem dá duas voltas nessa área, ele faz diferentes trajetórias por Chilelli, tornando esse local tão conhecido. 

Ospizio Bernina

A 2.535 metros (8.317 pés) acima do nível do mar, Ospizio Bernina é o ponto mais alto da linha Bernina. Não deixe de cruzar a fronteira entre o Engadine de língua romana e o Vale Poschiavo de língua italiana. A viagem é digna de qualquer cartão postal!

Swiss Travel Pass: um bilhete completo para viajantes

 

Se você se interessou pelos destinos e quer fazer a viagem de trem, o Swiss Travel Pass é uma ótima opção. Com ele, você pode planejar excursões nas montanhas, cruzeiros, visitar museus e usar o transporte público local.

O Swiss Travel Pass é um bilhete completo para viajantes estrangeiros explorarem a Suíça de trem, ônibus e barco, por um período de três, quatro, oito ou 15 dias consecutivos.

Os principais benefícios do Swiss Travel Pass são:

  • Viagens ilimitadas gratuitas na Suíça de trem, ônibus e barco;

  • Uso gratuito e ilimitado de transporte público em mais de 90 cidades;

  • Viagens ilimitadas gratuitas em trens panorâmicos premium (custo obrigatório de reserva extra);

  • Excursões gratuitas, incluindo as montanhas Rigi, Schilthorn, Stanserhorn e Stoos;

  • 50% de desconto em teleféricos;

  • Entrada gratuita em mais de 500 museus.

Além disso, o passe vem com um mapa de validade para que você possa ver facilmente todas as ferrovias, ônibus, barcos, teleféricos e áreas urbanas onde você pode usá-lo para viagens gratuitas.

O que achou deste itinerário? Quer saber sobre outros passeios incríveis pela Suíça? Deixe seu comentário! :)

Amantes da Ferrovia
Ler matéria completa
Indicados para você